logo

Desconto de faltas no salario


desconto de faltas no salario

Alistamento eleitoral, são permitidas faltas de até dois dias, que podem ser consecutivos ou não.
Também deve ser concedido um atestado pela autoridade pública, que impede o desconto.Mas este é outro caso em que o bom senso entre patrão e empregado costuma prevalecer.As empresas que aderiram ao programa Empresa Cidadã concedem licença de seis meses.Sempre que se faz necessário faltar ao trabalho por algum motivo particular vem aquela dúvida: será que terei o dia descontado?Já quando o funcionário precisa cumprir alguma obrigação militar, também não pode ser descontado.Eleições, a empresa não pode descontar a ausência para o funcionário que trabalhar nas eleições, e deve conceder dois dias de folga, em datas a serem escolhidas pelo funcionário.Para isso também precisa apresentar comprovação.Ex : Ganho 840 e tive 24 faltas injustificadas por motivo de gravidez, foram descontadas e agora recebi apenas 402 reais das férias.Desconto DO DIA DE trabalho, a falta do trabalhador ao serviço enseja o desconto do dia respectivo em sua remuneração, salvo se a falta for considerada justificada.
"É como se fosse um dia qualquer.
Assim, as horas ou os dias de trabalho serão abonadas.
Para que a situação fique mais clara, separamos uma série de situações em é permitido ou não faltar ao trabalho sem que as horas sejam descontadas do salário ou mesmo das férias.
Descanso semanal remunerado, o empregado perde a remuneração do dia de repouso quando não tiver cumprido integralmente a jornada de trabalho da semana, salvo se as faltas forem consideradas justificadas.
Preciso que alguém me ajude.Quando essa pessoa sorteio de casas em penapolis tem uma folga, perde o direito ao descanso semanal remunerado diz Glomb.As ausências devem ser comprovadas por uma atestado emitido pela autoridade militar.Pela CLT são permitidas até três faltas consecutivas para aqueles que se casam.Pelas normas vigentes, se a ausência for de até 14 dias não há qualquer tipo de desconto, desde que um médico ateste que a pessoa deva permanecer em repouso.No quinto mês ela pode optar por mais 15 dias ou um mês trabalhando em meio período, por causa da amamentação.Nesse caso, o empregado deve imprimir o requerimento gerado pelo sistema e levá-lo ao inss no dia da perícia, com carimbo e assinatura da empresa.




[L_RANDNUM-10-999]
Sitemap