logo

Comprovante de contribuição individual inss


comprovante de contribuição individual inss

Como contratante do serviço não efetuará o desconto, no entanto, como prestador do serviço, desde que quanto ganha engenheiro civil recem formado seja para empresas, sofrerá o devido desconto.
07 - Qual a mudança radical que houve, a época, em relação à contribuição previdenciária dos contribuintes individuais, mais precisamente autônomos e empresários, que prestavam serviços à empresas?
Esta envio comprovante nextel é a única situação de complemento de recolhimento permitida sem o efetivo recebimento de remuneração.
02 - O que é Contribuinte Facultativo?No caso de servidor público contratado conforme a Lei.745, de 1993, além dos documentos citados acima que comprove a atividade junto à empresa, poderão ser apresentados atos de nomeação e de exoneração, que demonstrem o exercício da atividade e a vinculação ao rgps.A nova regra passou a valer a partir da competência abril de 2007.Siga o contabiliza no twitter: m!/contabiliza_com.Nessa situação, o salário-de-contribuição poderá ser qualquer valor, respeitado os limites mínimo e máximo permitidos.Neste caso, o segurado continua responsável pelo recolhimento da sua contribuição, podendo deduzir quarenta e cinco por cento da contribuição patronal da empresa, limitado a nove por cento do respectivo salário-de-contribuição; Observação: No caso de contribuintes individuais que prestarem serviço à Entidades Filantrópicas isentas.
57 - Os honorários advocatícios decorrentes de sucumbência e honorários pagos a peritos estão sujeitos ao desconto da contribuição previdenciária?
A empresa que não lançar em sua gfip os pagamentos efetuados aos contribuintes individuais que lhes prestaram serviços será autuada pela fiscalização da Receita Federal do Brasil por crime de sonegação fiscal e conseqüentemente representada por esse crime junto a Procuradoria da República, além, obviamente.
Contribuinte Individual, nesta categoria enquadram-se também os antigos Autônomo, Equiparado a Autônomo e Empresário.O serviço está disponível de segunda a sábado, das 7h às 22h (horário de Brasília).Caso o segurado pare de contribuir, é preciso solicitar a baixa da inscrição, pois, caso contrário, ficará em débito com a Previdência Social.Para o contribuinte individual(autônomo ou empresário) que prestar serviço a uma ou mais empresas terá, descontado de sua remuneração, o valor referente a 11, o qual empresa ficará responsável pelo recolhimento, juntamente com as contribuições a seu cargo, até o dia dois do mês seguinte.Nesses casos, as contribuições já realizadas, desde que comprovadas, valem para efeito de contagem de tempo.O contribuinte individual que prestar serviço a empresas e, concomitantemente, exercer atividade como empregado ou trabalhador avulso, para observância do limite máximo de contribuição, deverá apresentar às contratantes o recibo de pagamento de salário relativo à competência anterior à da prestação de serviços ou prestar.Para saber mais sobre esta outra retenção, ou seja, a retenção dos 11 sobre serviços prestados por pessoas jurídicas, veja os artigos 115 a 150 da IN/RFB n 971/2009.Desta forma, a empresa tem a liberdade de criar o modelo que mais se ajuste a sua necessidade, desde que contenha as informações contidas na resposta da questão n 11 acima.R - Porque o 4, do artigo 30, da Lei 8212/91 dispõe que: na hipótese de o contribuinte individual prestar serviços a uma ou mais empresas, poderá deduzir, da sua contribuição mensal, quarenta e cinco por cento da contribuição devida pela empresa, efetivamente recolhida.A Lei diz que a contribuição do contribuinte individual será calculada sobre a remuneração auferida em uma ou mais empresas ou pelo exercício de sua atividade por conta própria, durante o mês, observado o limite mínimo e máximo do salário-de-contribuição.


[L_RANDNUM-10-999]
Sitemap